Discos Voadores Num Passado Distante? Aeronaves e Robôs descritos na Antiga Literatura Védica da Índia

A ciência atual diz que nós humanos surgirmos pela primeira vez há menos de 200 mil anos, no entanto os escritos históricos da antiga Índia, falam da presença humana há mais de milhões de anos atrás.

Escrita em sânscrito, a literatura védica da Índia possui muitos tópicos, entre eles, história, religião, filosofia, cosmologia, ciência militar, ciência política, ciências médicas, e também o “vastu” (ciência da arquitetura).

Para muitos historiadores e arqueólogos, as pessoas que falavam sânscrito, escreviam a literatura védica e seguiam sua cultura, não eram nativas da Índia. Eles sugerem que este povo teria entrado pela primeira vez na Índia há cerca de 3.500 anos, vindo pelo Noroeste, entretanto a própria literatura védica menciona suas cidades há mais de 3.500 anos.

LEIA MAIS

Curiosa pesquisadora das mais diversas áreas do conhecimento, autora de variados tipos de textos, expostos em https://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/publicacoes/index.php

Manuscritos do Mar Morto: Quais Mistérios Foram Decifrados? Quem os Escreveu?

Entre o ano de 1947 e 1956 acontecia na caverna de Qumran, no trecho do Mar Morto que fica na Jordânia uma das descobertas mais extraordinárias de todos os tempos. Esta descoberta estimulou o interesse intenso por saber quem teria ocupado Qumran

Trata-se dos manuscritos mais antigos da Bíblia Hebraica já encontrados. Rolos contendo 800 documentos, compondo as primeiras páginas da Bíblia e os ensinamentos do cristianismo, incluindo os dez mandamentos. Datado de aproximadamente 4a.C.

Segundo as pesquisas, estavam escritos em códigos e bastante deteriorados, tanto que alguns pedaços tinham menos de 1cm.

LEIA MAIS

Curiosa pesquisadora das mais diversas áreas do conhecimento, autora de variados tipos de textos, expostos em https://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/publicacoes/index.php

Teria sido a Arca de Noé um banco de DNA?

Antes da Arca, devemos começar falando sobre as descobertas arqueológicas do Grande Dilúvio. Estudiosos especulam que o aumento dos níveis dos oceanos poderia ter ocasionado o estouro do Mar Mediterrâneo por meio de uma represa natural, criando assim uma inundação tão grande que imergiu uma área estimada em 150.000 km² sob 150 m de água.

E, de fato, arqueólogos tradicionais sabem que no Mediterrâneo há mais de duzentas cidades submersas conhecidas. Essas cidades também de alguma forma foram inundadas ao mesmo tempo em que o Mar Negro.

Escrita no livro Gênesis, a história de Noé diz que Deus “viu que a maldade dos homens era grande” e decidiu destruir toda a criação. Apenas Noé, sua família e os animais a bordo da arca foram autorizados a sobreviver e repovoar o planeta. Mas seria esta a história toda?

LEIA MAIS

Profissional da área de tecnologia da informação, editor do site OVNI Hoje (www.onvihoje.com) e interessado em fenômenos anômalos, principalmente aqueles relacionados aos avistamentos de OVNIs.