Arte Rupestre De 44 mil Anos Na Indonésia É Considerada A Mais Antiga

A arte em caverna mais antiga do mundo criada por humanos modernos, descoberta na ilha indonésia de Sulawesi e recentemente datada de pelo menos 44 mil anos atrás, transformou a compreensão dos pesquisadores sobre o desenvolvimento artístico humano.

Digs Indonesia Cave
Caverna em Sulawesi, Indonésia.

As ilustrações mostram várias figuras, parte humanas e parte animais, caçando porcos selvagens e búfalos anões. A pintura é, portanto, a obra de arte figurativa mais antiga, a narrativa pictórica mais antiga e a evidência mais antiga de que as pessoas concebiam seres sobrenaturais, o que é visto como um precursor necessário para a formulação de sistemas religiosos de pensamento.

“O que é mais surpreendente é que há 44.000 anos todos os conceitos de arte estavam totalmente desenvolvidos”, diz o arqueólogo Maxime Aubert, da Griffith University. “Eles devem ter tido uma origem muito anterior na África, ou logo depois que os humanos deixaram a África.”

Como o homem moderno, que já tinha conceitos religiosos e de arte, saindo da África, chegou na remota ilha indonésia no golfo de Tomini, em Sulawesi?

Os pesquisadores determinaram a idade mínima da pintura datando depósitos minerais que se formaram em cima dela. Esses depósitos contêm vestígios de urânio, que se decompõe em tório a uma taxa constante. Sua idade pode ser calculada a partir da proporção dos dois elementos. Mais de 200 sítios de arte rupestre foram documentados nesta região do sul de Sulawesi. O trabalho recém-descoberto está cerca de 20 metros acima do chão da caverna, o que ajuda a explicar por que não foi notado até recentemente.

Digs Indonesia Hunting Scene
Cena de Caça.


Referência

https://www.bbc.com/news/world-asia-50754303

https://www.archaeology.org/issues/372-2003/digs/8432-digs-indonesia-sulawesi-cave-art

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *